Caminho

2014

Expansão é o que define o meu ano de 2014. As fronteiras que limitam o conhecimento sobre o que está ao meu redor se alargaram. E ao mesmo tempo consegui olhar bem mais fundo para dentro de mim. Enxergo uma relação de causa e efeito entre essas duas frases.

A diferença ensina e ajuda a olhar para nossas “verdades” às vezes tão sedimentadas sob outras perspectivas, através de outros prismas. Nunca imaginei que em uma cidade imensa e com tanta gente como Tóquio eu iria encontrar paz e silêncio. Com menos barulho, sinto que é mais fácil perceber com clareza o que me cerca. Falo de barulho em um sentido bem amplo, incluindo as demandas das tantas relações que construímos na vida, vindas lá da infância, da bagagem que se acumula e às vezes fica tão pesada. O distanciamento de um pedaço do que deixei em meu país permitiu que este ano eu conseguisse tirar os pontos de feridas antigas e profundas, que passei muito tempo tentando curar, progredindo lentamente. Os amigos que ficaram no Brasil fazem muita falta. Sou filha única, mas tenho 3 irmãs que escolhi e me escolheram. Cada uma sabe que está guardando um pedacinho do meu coração do outro lado do mundo…

É difícil para o estrangeiro que mora aqui interagir com os japoneses. Me sentir diferente dos que me cercam e ser olhada como diferente é uma experiência nova para mim. Também é novo viver em um país sem a herança cristã, com templos budistas por todo lado e que coloca o coletivo acima do individual. O que tento sempre é aprender, absorver ao máximo o que vejo e experimento. No blog, que chega hoje a 82 posts, tento escrever sob um ponto de vista positivo sobre o que testemunho. Não faz sentido para mim usar este espaço para criticar, ou contar histórias que podem até ser curiosas, mas não constroem. Pode ser até que eu tenha bem menos leitores por causa dessa decisão editorial, mas estou feliz com o que venho produzindo por aqui.

Vou então terminar este post com a foto que tirei em Oshino Hakkai. A energia que emana em um lugar como esse é um bálsamo. Um pequeno lago, que quando está imóvel, reflete o Monte Fuji. Um japonês se aproximou de nós para nos mostrar o ponto exato em que deveríamos nos posicionar para admirar e registrar o singelo cenário. Nesse dia a água tinha algumas ondulações, mas não precisa ser perfeito, precisa?

IMG_0882

 

6 replies »

  1. Oi Taiga!!! Em primeiro lugar, FELIZ 2015!!!, para todos vocês. Só hoje pude ver com calma sua mensagem. Adorei e reflete, exatamente o que tenho sentido em todos os seus comentários. Vc está enriquecendo de conhecimentos gerais e pessoais. Essa “parada” no tempo e na rotina vale ouro. Aproveitem muito. Sejam felizes com muita saúde, paz e as bênçãos de Deus. Bjs para todos vocês.

    Gostar

  2. Visitei o Japão em 2010 e virei fã. Me identifico muito com tudo que você escreve. Não entendia o que sentia até ler o seu post de hoje onde diz que o povo japonês vive para o coletivo. É isso mesmo. Eles estão sempre preocupados em ajudar, são simpáticos e extremamente educados. Nós brasileiros, temos muito que aprender com este povo.
    Parabéns pelo blog, sucesso e Saúde para você e todos os seus.

    Gostar

  3. Não precisa ser perfeito, mesmo! Um aprendizado tão singelo e tão determinante. Difícil fazer funcionar assim. Mas quando a gente consegue é tão mais leve… Que você tenha um lindo 2015! Com muitos olhares e novos posts!

    Gostar

  4. Taiga, Desejo-lhe um Feliz Natal e um 2015 de muita Luz, Saúde, Paz e alegrias junto a sua família.
    Obrigada por ter nos presenteado com seu blog, que desde o início acompanho, onde tenho a oportunidade de conhecer melhor a cultura japonesa, e outras, me faz refletir sobre as diversidades e diferenças. Namaste!

    Gostar

Pode comentar!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s