O encontro do começo com o fim da vida

No dia de Halloween, a Tokyo International School organizou uma visita das crianças do jardim e do 3º ano a um asilo que fica do outro lado da rua. Fui uma das mães voluntárias a ajudar no passeio, e nunca mais vou esquecer o que presenciei lá. Três grupos de 24 crianças fantasiadas foram levar sua alegria para os idosos japoneses. Estimo que a maioria deles tinha mais de 90 anos, e muitos estavam bem doentes. Em seus rostos, percebi a vida indo embora. Mas naquele momento, quantos sorrisos, quanto brilho nos olhinhos tão cansados.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

As crianças estavam um pouco apreensivas, acho que muitas nunca tinham visto pessoas tão idosas. Mas se comportaram muito bem, e o que aquelas cabecinhas estavam registrando tem um valor imenso. Cada uma tinha uma abóbora de papel pendurada no pescoço com um número escrito, correspondente ao número que cada paciente segurava em suas mãos. Uma a uma, as crianças encontravam o seu novo amigo, que entregava para elas um docinho para a brincadeira de gostosuras e travessuras. Esta aqui é a minha filha recebendo o carinho de uma japonesa que já viveu tantas guerras, terremotos, emoções, histórias, história.

 

Os enfermeiros do lugar também me emocionaram. Nunca vi tanto carinho e alegria, tanta dedicação. Posaram felizes para a foto no final do passeio:

OLYMPUS DIGITAL CAMERA