Delicadeza

Os Daimyo eram os senhores feudais na época em que o Japão era comandado pelos Samurais, a era Edo. Perto do fim desse período em 1847, foi aberto ao público um dos 3 mais bonitos parques do Japão, o Kairakuen, em Mito. Tokugawa Nariaki, que comandava a região na época, mandou plantar lá 100 espécies diferentes de ameixeiras. As árvores são as primeiras a florescer na primavera, pintando de tons de rosa a natureza que estava adormecida no inverno.

Para meus leitores, tirei essas fotos bem de pertinho:

IMG_3306IMG_3260IMG_3258

Chamadas em japonês de Ume, elas são mais discretas do que as tão esperadas cerejeiras, mas não menos amadas. A capacidade desse povo em venerar a delicadeza das flores me impressiona sempre.

fullsizeoutput_1c5b

No Kairakuen, que quer dizer mais ou menos “o jardim a ser apreciado por todos”, as flores das Ume ganham uma moldura, uma casa de três andares feita em madeira.

fullsizeoutput_1c5a

O Kobuntei foi construído para abrigar a família feudal e seus convidados, muitas vezes artistas e escritores que lá se encontravam e escreviam poemas. Bombardeado e destruído na segunda guerra mundial, foi reconstruído com exatidão em uma obra que durou 3 anos, a partir de 1955. Cada sala tem um tema. As magníficas pinturas dos painéis ficam ainda mais bonitas com a iluminação das lanternas.

Este slideshow necessita de JavaScript.