Metrópole

Lixo

Ao morar no Japão tenho a oportunidade de separar meu lixo como sempre quis fazer no Brasil. Isso me satisfaz imensamente. Para mim essa questão é muito importante.

No Rio, fazia tudo o que era possível. Lavava as embalagens antes de jogar fora, separava recicláveis de orgânicos. Meu condomínio tem coleta seletiva, mas bem limitada. E eu não sabia como esse lixo seria tratado depois de coletado.

Aqui é outra história.  Tenho 5 latas de lixo na minha cozinha. A divisão, de uma maneira resumida, é assim: burnable (lixo queimável – orgânicos e papéis menores e sujos; unburnable (plásticos); garrafas PET; latas; vidros; papéis maiores e limpos. Aí levamos tudo para o depósito do prédio. As fotos abaixo foram tiradas lá:

Categorias:Metrópole

Tagged as:

2 replies »

  1. Seu “tio” Zé Antônio (q. já faleceu há quase 14 anos), selecionava o lixo. Mas, como vc disse, não se sabia como seria tratado da porta de casa para fora. No meu prédio EU separo, mas o faxineiro, para meu desespero, junta os sacos. Total falta de orientação.
    P.S.: Ainda bem que há tradução para o inglês…(risos).

    Gostar

Pode comentar!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s