Miscelânea

Na academia

Estou fazendo aulas de Yoga aqui em Tóquio, em uma academia perto de casa. É uma experiência bem diferente do que eu estava acostumada no Brasil. Nunca gostei de academias no Rio, por causa daquele clima de ver e ser visto. Aqui, ninguém se importa com o que você está vestindo, ou em como está o seu corpo. Na verdade, quase todos vestem a mesma roupa.

Explico: a academia fornece um short azul marinho e uma camisa bege clara, bem larguinhos e  confortáveis. Logo na entrada, fica um armário com as roupas, de todos os tamanhos. É só chegar, ir ao vestiário torcar de roupa e entrar na aula. Quem quiser fazer aeróbica, usa um par de tênis e meias também fornecidos pela academia. Não pode entrar com sapato que andou na rua. Para nadar na piscina, sungas e maiôs também estão na prateleira. Tudo limpíssimo e asséptico, é claro. No Japão é sempre assim.

O resultado é que todos são iguais. Quem vai lá quer simplesmente cuidar da saúde.

A minha aula de Yoga é um capítulo à parte: não entendo nada do que a professora fala, fico imitando o que ela faz. Está dando certo. Na turma, sempre tem uns 2 ou 3 senhores super craques nas posturas e concentrados na meditação.

8 replies »

  1. Taiga, aqui em Aichi-ken frequento uma academia pública chamada Wing arena Kariya. Uma das coisas que observei foi a diversidade das pessoas que lá frequentam, idosos, jovens, ricos, pobres, pessoas com corpo atlético, pessoas obesas, pessoas com problemas motores, pessoas com problemas mentais, todos dividindo o mesmo espaço e as mesmas maquinas de forma tão hamoniosa.

    Gostar

  2. Taiga, já me apresentei em outro comentário, quer dizer, a descobri através da rádio CBN. Fiquei curiosa com essa academia, é comum por aí ou essa é diferenciada? deve ser né? É tudo que eu queria, porque além de ter que se preocupar com o que vestir aqui e ainda voltar com tudo suado pra casa, é desanimador!!!

    Gostar

    • Olá, Wilma.
      Estou muito feliz com os leitores que ganhei depois da entrevista à CBN. Obrigada por dedicar uma parte do seu tempo para ler meus textos, espero sempre corresponder às expectativas…
      Quanto à academia, só conheço essa, que fica perto da minha casa e me foi indicada por uma amiga que morou aqui em Tóquio. É realmente muito prático pegar as roupas emprestadas, sempre limpíssimas e bem confortáveis. Agora então, que está frio por aqui, nem se eu quisesse daria para ir de roupa de ginástica para lá…

      Gostar

  3. Taiga,

    Estou com a ideia na cabeça… já há algum tempo… Mas vc me animou com seus textos. Estou querendo ver se consigo começar a yoga ano que vem e também começar a meditar… Tenho lido livros a esse respeito e acho que me trará tranquilidade sim…nessa vida agitada que todas nós temos seja aqui ou no Japão! 🙂 Depois queria sua ajuda para saber qual tipo de yoga que vc faz, pois fui ver na Velox e tem uns quatro tipos… Fiquei perdida! Vou lá novamente semana que vem e te direi os tipos de yoga que eles oferecem lá… De repente vc me dá uma luz!!!!
    Beijos

    Gostar

    • Para quem quiser começar a meditar, recomendo o livro “8 minute meditation” do Victor Davich. Existe uma edição em português, mas acho que está esgotada. Pode ser que consigam encontrar em algum sebo virtual. Na internet tem a versão em pdf de graça em inglês!
      Bárbara, quanto à Yoga, recomendo o Espaço Gestos, no Jardim Botânico.
      Amei todos os comentários! Compartilhem meu blog!
      Bjs a todas!

      Gostar

Pode comentar!

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s