Hanami

Hana = flor, mi vem do verbo mimasu = ver. Uma palavra exclusiva para a prática que há séculos faz parte da identidade japonesa. É tocante perceber como o comportamento dos habitantes de Tóquio, normalmente sérios, compenetrados e apressados, se transforma nessas duas semanas em que as cerejeiras (Sakura em japonês) tomam conta da cidade. Fui passear com um olhar mais atento hoje, dia 2 de abril, auge da floração neste ano de 2015. Muitos turistas estrangeiros vêm para cá nessa época, mas são os olhos dos japoneses que brilham mais ao contemplar as árvores, mesmo tendo esse privilégio todo o ano.

Na beira do canal que cerca o Palácio Imperial

Na beira do fosso que cerca o Palácio Imperial

Adivinhem o que é aquela mancha na água…

 

Pétalas, muitas pétalas.

IMG_2118
IMG_2108

 

IMG_2107

Um guarda de megafone e uma corda para organizar o ir e vir da multidão:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Quando o vento sopra, a chuva de pétalas, linda em qualquer cenário.

IMG_2145

Depois do pôr do sol, a iluminação especial para se praticar o yozakura, palavra exclusiva para a contemplação das Sakuras à noite!